Aqui o vírus não entra

Aqui o vírus não entra

Infelizmente, nem todo avanço tecnológico é destinado ao desenvolvimento da sociedade. Prova disso é o aumento da sofisticação das ameaças cibernéticas. Para as empresas, uma das maiores dores de cabeça são esses ataques hackers. Mas quais seriam as características e as consequências? Continue a leitura para descobrir!

Veja algumas características desse ataque cibernético

Esse malware age como um “sequestrador” de um ou mais computadores. Na prática, isso significa que o acesso a documentos, aplicativos e softwares fica temporariamente suspenso.

Temporariamente porque as pessoas responsáveis pelo ataque exigem o pagamento de uma determinada quantia para a liberação das máquinas. Após receberem o valor em questão (geralmente em Bitcoins), os hackers se comprometem a descriptografar o código malicioso de bloqueio.

Em teoria, qualquer usuário pessoal de computador pode ser infectado pelo referido malware. Os grandes alvos dessa prática criminosa, entretanto, são as empresas. Afinal, elas tendem a movimentar mais dinheiro do que usuários comuns.

O que esse ataque pode causar à empresa?

Um ransomware pode ser responsável por instaurar um verdadeiro caos na empresa atingida, conforme destacado a seguir. Um dos possíveis efeitos se refere à perda parcial de informações.

Uma vez que o ataque hacker seja concretizado, nada garante que todos os dados sejam realmente liberados após a descriptografia. Ocasionalmente, algumas informações fundamentais do negócio se perdem pelo caminho. A depender do teor dessas informações, a perda pode gerar prejuízos incalculáveis.

Outra consequência do ataque é a interrupção do acesso aos aplicativos e softwares habitualmente usados pela empresa. Em outras palavras, o negócio pode ficar com todas as suas atividades literalmente paralisadas.

Imagine uma empresa que realiza diversas transações diárias. Com a infecção do malware, ela não consegue concluir nenhuma operação. Por mais que haja certa compreensão, isso pode provocar um profundo mal-estar com clientes e fornecedores. Além disso, há uma evidente perda de receita, o que pode impactar os cofres da empresa de diferentes maneiras.

Soma-se a tudo isso a mancha que a empresa adquire na sua imagem externa. Para o público em geral, a organização passa a ser vista como uma instituição virtualmente vulnerável.

Consequentemente, o interesse de futuros clientes pode diminuir bastante. Isso porque eles não pretendem se associar a empresas que vivem sob risco iminente de ser invadida por alguma atividade hacker. Basta lembrar que os dados dos clientes também ficam expostos depois desse tipo de ataque cibernético.

Finalmente, há que se lembrar de outro prejuízo financeiro, vinculado ao pagamento do “resgate” dos computadores. Tomados pelo desespero, muitos empresários aceitam pagar a quantia exigida para liberação das máquinas.

O problema é que os valores costumam ser altos, o que também pode impactar o caixa da organização. Esse dinheiro imprevisto pode diminuir, inclusive, o aporte financeiro que seria feito em investimentos de médio ou longo prazo.

O que fazer contra esse tipo de ataque virtual?

Para evitar que toda essa catástrofe atinja a sua empresa, é necessário adotar algumas medidas de segurança, como:

  • realizar todas as atualizações do sistema operacional dos computadores, bem como dos softwares em uso;
  • contar com um sistema de backup em nuvem eficaz;
  • jamais clicar em links inseridos em e-mails enviados por remetentes desconhecidos;
  • ter um sistema de segurança completo e atualizado — com antivírus e firewall.
  • utilizar somente softwares originais — programas piratas são uma grande porta de entrada para um ataque virtual.

Esses ataques podem ocasionar impactos profundos em qualquer negócio, independentemente do porte da empresa. Portanto, o dinheiro aplicado em medidas de prevenção deve estar previsto no orçamento, afim de evitar prejuízos maiores.

Como você viu, a criação de cópias de segurança dos arquivos também é necessária para diminuir os efeitos causados pelo problema. Então, acesse o nosso site e conheça os nossos planos de backup em nuvem!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress and WHMCS integration by i-Plugins